Domingo, 1 de Maio de 2011
Dia da mãe

FELIZ DIA DA MÃE, MÃES (não as minhas, que eu só tenho 3 -  a minha mãe, e as minhas duas avós)

 

 

                                                                  
 “Amor de Mãe”


“O Amor da mãe pode ser traduzido
em uma palavra:
doação.
Falar desse sentimento é entender que ele
é a mais completa forma de amor.
Um amor que se doa,
coloca em primeiro plano o bem-estar,
a segurança de um outro ser.
Impossível falar de mãe
sem falar da pureza de um amor,
que diante de todo o sofrimento disse Sim: Maria.
Uma mãe que,
como tantas mães no nosso mundo,
olha com lágrimas nos olhos o presente
e o futuro árduo do filho.
Talvez seja por isso que a mãe Maria
se expressa em cada olhar de mãe,
em cada gesto de doação da mulher.
No rosto de uma mulher que assume
a maternidade inteiramente,
mesmo diante de tudo o que há-de vir,
há a presença iluminada de um lado vivo,
mas esquecido por todos,
homens e mulheres:
O AMOR!!!!”

 

Autor desconhecido

 

 

“Eternamente Mãe”

MÃE…

que na presença constante me ensinou
na pureza do seu coração a vislumbrar
caminhos...
MÃE...
dos primeiros passos, das primeiras
palavras...
MÃE...
do amor sem dimensão, de cada momento,
dos actos de cada capítulo de minha vida
não ensaiados, mas vividos em cada
emoção...
MÃE...
da conversa no quintal, do acalento do
meu sono aquecido de amor, aninhada
no teu coração...
MÃE...
do abraço, do beijo que levo na
lembrança...
MÃE...
és tu que me inspiras a caminhar...
MÃE...
a presença de cada passo que o
tempo não apaga: por mais longo
e escuro que seja o caminho, haverá
sempre um horizonte...
MÃE...
Mulher a quem devemos a vida,
que merece o nosso respeito,
nossa gratidão e nosso afecto.”

 

Autor desconhecido

 

 

 

 

Mãe, feliz dia da mãe! Tu sabes que eu te adomo! E é verdade eu adomo-te muito mesmo do fundo do coração, embora esteja mais distante de ti, não quer dizer que deixei de te adomar! Eu acho que estou mais distante, por estar a crescer, não é uma boa desculpa mas perdoa a minha distância (e a mim também). Obrigada por teres cuidado de mim (e ainda cuidares), obrigado pelo carinho, pela paciência, pelo afecto, por estares sempre lá, quando preciso. Obrigada por aturares o meu mau humor, mas nem tudo corre-me sempre bem (o mau humor que tanto odeias). Obrigada pelos passeios, sei que não foram muitos, mas eu entendo porquê (a Eliana entende mas uma pequena parte do cérebro não a deixa entender 100%, por isso só entende 99%). Obrigada pelo lar, obrigada pelas festas de aniversário, obrigada pelos presentes. Sei que ainda falta muita coisa, se calhar nem consigo agradecer a tudo, por ser tanta coisa. Mas OBRIGADA POR TUDO!

 

P.S.: Eu não gosto muito de fazer dedicatórias (por isso se não estiver muito bem, já sabem do que é), mas pela minha mãe eu faço TUDO! hihihihihi

 

 

                                                                                                                                                   orkut-hi5-coracao_(87)[1]2.jpg                                  

 

 

                                    

 

 

   

 

                                                                         


sinto-me: Não sei
música: Price tag - Jessie J

publicado por elielife às 15:05
link do post | dás um dádá? (A) | ver dádás é funny!!! (8) | favorito

.mais sobre mim
.Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Dia da mãe

.arquivos

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

.tags

. todas as tags

.links
.pesquisar
 
blogs SAPO